? DÚVIDAS SOBRE FILTROS SOLARES ?

? DÚVIDAS SOBRE FILTROS SOLARES ? ? DÚVIDAS SOBRE FILTROS SOLARES ?

Na minha prática clínica me deparo todos os dias com dúvidas frequentes que os pacientes trazem sobre os filtros solares, como usar, o que usar, enfim, dúvidas importantes que precisam, sempre, serem esclarecidas. Pensando nisso, resolvi pontuar aqui as dúvidas que mais ouço no consultório.
 
QUAL A DIFERENÇA ENTRE PROTETOR SOLAR E BLOQUEADOR SOLAR?
O termo “bloqueador solar” foi proibido pela ANVISA desde 2012, já que o termo “bloqueador” induz a uma falsa percepção de proteção total ou completa, o que sabemos ser inviável quando falamos de fotoproteção.

FPS 30, 50 ou FPS 60 ?
O FPS é a principal medida de eficácia de um protetor solar, quantificando o quanto um produto é capaz de ampliar a proteção contra a queimadura solar: um hipotético produto com FPS 30 permite que uma pessoa se exponha ao sol sem ser atingido por uma queimadura 30 vezes mais eficazmente do que sem o uso do produto!
Sob outro ponto de vista, onde fazemos a relação inversa, temos o seguinte: um produto com FPS 15 permite a penetração de 6,6% dos raios solares na pele, um com FPS 30: 3.3% e, já um produto com FPS 60, a penetração dos raios solares gira em torno de 1,7% , ou seja, bem menor, conferindo uma proteção bem maior!

PRECISO REAPLICAR O FILTRO SOLAR A CADA 2 HORAS?
Os protetores solares mais antigos compostos por substâncias de baixa estabilidade, realmente necessitam de reaplicações frequentes a fim de se restabelecer o efeito fotoprotetor. Com o desenvolvimento de filtros fotoestáveis, com substâncias formadoras de “filme”, capazes de manter a eficácia mesmo após longos períodos de sol, temos produtos que realmente podem ser considerados como ação prolongada, chegando até a 6 horas. Mas, se houve imersão em água ou transpiração excessiva, a reaplicação deve ser imediata!

O PROTETOR MANIPULADO FUNCIONA?
A manipulação desses produtos é a mais complexa entre todos os produtos dermatológicos. Quando desenvolvidos de maneira inadequada, a instabilidade da fórmula gerará uma queda na eficácia do produto, não atingindo o valor de FPS e UVA desejados. Temos ótimas opções de produtos no mercado nacional, não necessitando, por isso, manipular um fotoprotetor.

PRECISO AGUARDAR 15 MINUTOS ANTES DE EXPOR AO SOL APÓS A APLICAÇÃO DO FILTRO SOLAR?
Não! Os protetores solares atuais dispensam este tempo para iniciar seu efeito, eles agem imediatamente ao serem aplicados. O que se recomenda é a aplicação ANTES da exposição solar e não quando já estiver exposto.

QUAL O FILTRO SOLAR MAIS ADEQUADO PARA PELES OLEOSAS?
A pele oleosa é o tipo de pele mais frequente no Brasil. Protetores em gel, gel creme ou fluidos, são os preferidos para esse tipo de pele. Mais recentemente, a introdução de agentes controladores de brilho como a sílica, trouxeram o conceito de “toque seco” ou efeito matificante, reduzindo oleosidade da pele, e também, uma ação dispersora de luz, minimizando o brilho dos fotoprotetores.

O QUE É FOTOPROTEÇÃO MECÂNICA?
Trata-se de proteção solar conferida por roupas, chapéus, bonés, etc. Complementam e muito a proteção solar principalmente em situações de exposições mais prolongadas ao sol, por exemplo, em dias de praia e de práticas de atividade física ao ar livre. Seguem algumas dicas práticas:
Roupas com tecido mais escuro, de trama mais apertada e com uso de fios sintéticos apresentam maior proteção e, portanto, maior FPU (fator de proteção ultravioleta).
Roupas molhadas ou mais antigas e, portanto, com tecido mais frouxo, apresentam menor proteção.
Chapéus: os de aba circular e larga e de tecidos mais espessos são os preferidos!
Guarda-sois : a proteção oferecida por guarda-sóis e barracas é determinada pelo tamanho, tipo de tecido e cor da estrutura ( melhor: tecidos mais espessos e cor mais escura !).
Vidros: o vidro comum é capaz de bloquear totalmente a radiação UVB podendo, entretanto, transmitir até 72% da radiação UVA e 90% da luz visível!

QUAL A QUANTIDADE DE FILTRO SOLAR QUE DEVO APLICAR?
O fator mais relevante na eficiência de um protetor solar é a quantidade do produto, sendo inclusive, mais importante que seu FPS! Sendo assim, o Consenso Brasileiro de Fotoproteção, recomenda a utilização da “Regra da Colher de Chá”:
-          Rosto/cabeça/pescoço: 1 colher de chá
-          Braço/antebraço direito: 1 colher de chá
-          Braço/antebraço esquerdo: 1 colher de chá
-          Frente e atrás do tronco: 2 colheres de chá
-          Coxa/ pernas direitas: 2 colheres de chá
-          Coxa/perna esquerdas: 2 colheres de chá
     
GRÁVIDAS PODEM USAR QUALQUER FILTRO SOLAR?
Todos os filtros UV aprovados pela ANVISA foram exaustivamente avaliados por testes toxicológicos rigorosos, incluindo teste de teratogenicidade. Então, não há risco comprovado para os fetos com o uso de filtros solares. Diante das dúvidas das gestantes, que não são poucas, sempre prefiro sugerir o uso de filtros solares físicos, que são aqueles que não penetram na pele, apenas formam um filme na superfície!

FILTROS SOLARES DE ADULTOS PODEM SER USADOS EM CRIANÇAS?
Podem sim, desde que a criança tenha mais que 6 meses de idade. Entretanto, quando possível, escolher um protetor desenvolvido, especificamente, para o público infantil é recomendado, principalmente para as crianças de 6 meses a 2 anos, pois os protetores para essa faixa etária contém filtros físicos, reduzindo risco de alergias.

PROTETOR SOLAR ORAL EXISTE?
Sim, existe! A fotoproteção oral é expressão utilizada para designar o uso isolado ou em combinação de diversos ativos capazes de minimizar os danos desencadeados pela radiação solar.
Enquanto os protetores solares tópicos atuam através da reflexão e absorção da radiação incidente, evitando que ela atinja a pele, os fotoprotetores orais atuam em nível celular ou molecular após a incidência da radiação solar na pele, reduzindo os danos assim gerados.
As substâncias mais conhecidas para essa finalidade são as vitaminas C e E, os carotenóides, polifenóis, extrato de Polypodium leucotomos, probióticos e os ácidos graxos essenciais.
 

Dra. Helga Clementino 
CRM-BA 19.436

Leia Também:

Conheça a CRIO-FREQUÊNCIA
Rejuvenescimento em 3D
Fio de sustentação para melhora do contorno facial
Eletroporação: o que é?
Você conhece a Mesoterapia?
Você sabia?

Listar todas as artigos »
Desenvolvido por Tacitus TecnologiaRua Dr. Sabino Silva, 905, Ponto Central
Feira de Santana-BA - Tel.: (75) 4009.8600 | 98827-7317 (OI) | 98178-4884 (CLARO) | 99180-7590 (TIM) | 99940-4633 (VIVO)
Todos os direitos reservados © 2020